A educação bilíngue, pela psicologia